É culpado?

Aplaudida de forma fervorosa [eu prefiro dizer que foi vergonhosa], com direito a foguetórios e piadas, a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva abre uma nova etapa na história política do Brasil. Lula foi preso no dia 7 de abril deste ano pela acusação de ser dono de um apartamento que ficou conhecido simplesmente por “triplex”. O ex-presidente afirma que não é dono do imóvel, o Ministério Público diz que não tem provas “mas tem convicção” de que é do Lula. O juiz Sérgio Moro parece apreciar mais as convicções do que as provas, e os ministros do STF jogam o jogo politicamente esperado. A ministra Rosa Weber votou contra a própria convicção sobre a condenação em segunda instância para acompanhar o voto da maioria. O placar foi de 6 a 5 contra o pleito do ex-presidente. O voto contrariado de Weber definiu a maioria e a prisão de Lula.

Mas, afinal, o triplex é do Lula? O imóvel vai a leilão. Quem ficará com o dinheiro?

“Se é do Lula, é nosso! Se não é, por que o Lula está preso, Moro?” Essa questão foi levantada pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) e Povo Sem Medo quando ocuparam o  imóvel no dia 16. As imagens divulgadas pelos ativistas mostram que, diferente do que havia sido amplamente noticiado, o triplex não estava reformado, tampouco tinha móveis de luxo.

Sem dúvida, estamos diante de um processo pseudo-jurídico. O fato é que Lula esteve no comando da República por dois mandatos e só não se reelegeu porque a lei atual não permite mais do que uma reeleição. Além disso, Lula elegeu quem ele quis para dar continuidade aos projetos de governo popular. No entanto, Dilma não tem a mesma habilidade política de Lula e não conseguiu estancar o golpe. Se conseguisse, seria bem provável que o PT emplacaria o quinto mandato consecutivo, com Lula retomando o posto de Presidente. Os adversários do PT sabiam disso e também sabiam que não poderiam correr o risco de deixar Lula concorrer. Fizeram de tudo: Aécio Neves, o segundo colocado em 2014, foi o centro avante inicial, manteve o exército antipetista atiçado. A quantidade de notícias falsas cresceu ao mesmo tempo em que o Movimento Brasil Livre (MBL) se tornava o maior divulgador de mentiras verde amarelas. O MBL já responde a centenas de processos judicias em função das mentiras que prega, mas o próprio MBL é falso, se esconde atrás de uma pessoa jurídica também questionável nos sentidos ético e tributário.

As falhas do PT e as acusações de envolvimento de alguns de seus integrantes em corrupção não eram suficientes para destacar o partido, negativamente, em relação aos demais corruptos. Todos os partidos tradicionais estão até o último fio de cabelo envolvidos em corrupção, mas o PT teve a preferência de Moro, acusado de ser alinhado ao campo da direita política brasileira e próximo de organismos extranacionais. Mesmo sem provas de crimes, o juiz decretou a prisão. Fez a sua parte. Mas será que Moro dorme tranquilo à noite ou sonha com a pergunta fatídica: Lula é culpado?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s