O povo não conhece o seu própria poder.

the people

As manifestações do inverno de 2013 no Brasil e a greve dos caminhoneiros (2018) são exemplos de como a união do povo, em um ambiente democrático, pode pressionar os governantes para reverter políticas e decisões equivocadas. [Claro que sempre têm os quebra-corrente]

A imagem acima [que circula na internet sem identificação de autoria] desenha uma situação na qual o político que discursa é sustentado pela audiência de um grupo de pessoas/eleitores. Apenas um deles se dá conta das mentiras e sai de cima da prancha que sustenta o político demagogo [redundância imperdoável]. Se todos derem as costas àquele político, ele perde sua sustentação e legitimidade para governar.

Só lamento que essas manifestações mais fortes só ocorram por motivações econômicas localizadas e não por questões mais abrangentes, como é o caso da proteção ambiental, a luta mais universal e urgente de todas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s